quarta-feira, 16 de maio de 2012

O rio que saía do Éden


Todo ser humano - ainda que não seja um poeta ou um filósofo - é assaltado de uma maneira ou de outra pelos questionamentos da origem e do sentido da vida. Cabe, no entanto, ao cientista a explicação mais racional. É esta a 'missão' do professor inglês Richard Dawkins em 'O rio que saía do Éden' - Uma visão darwiniana da vida. Uma natureza, como define o próprio Dawkins, de diversidade 'luxuriante' já que, de acordo com as estimativas do número de espécies, há cerca de 10 bilhões de maneiras de se fazer um ser vivo. Numa trajetória paralela a esta busca de compreensão, o autor ilustra a natureza do raciocínio científico e as dificuldades do cientista para explicar a vida.


Título: O rio que saía do Éden

AutorRICHARD DAWKINS
Ano: 1995
Idioma: Português
Formato: PDF
Número de Páginas: 140
Tamanho do arquivo:  2 MB
Referencia: DAWKINS,  R.  O  Rio  que  saía  do  Éden.  Rio  de  Janeiro:  Rocco,  1995. Coleção Ciência Atual.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os links e arquivos que se encontram no Blog, estão hospedados na própria Internet, apenas indicamos aonde se encontram, não hospedamos nenhum arquivo ou programas que seja de distribuição ilegal. Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas no seu computador. Eles podem ser descarregados apenas para teste, devendo o utilizador apagá-lo ou comprá-lo após 24 horas. A aquisição desses arquivos pela Internet é de única e exclusiva responsabilidade do utilizador. Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do Blog não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o utilizador venha a descarregar e para que irá utilizá-los.